Related Posts with Thumbnails

Tristeza: Uma visitante indesejada

Os seres humanos experimentam, ao longo da vida, uma gama de sentimentos e emoções, posto que não somos simplesmente seres racionais. Aqueles que buscam viver uma existência presa a racionalidade não desfrutam de uma vida plena. Os sentimentos nos conectam ao mundo e a outras pessoas, vocês já perceberam como um ambiente com pessoas alegres se torna até mais “leve”? E quando um ambiente está com uma pessoa amargurada, o mesmo se torna pesado? Já sentiram isso?


Mas hoje eu quero tratar da tristeza, um sentimento que ninguém quer ter mas que, vez por outra, invade o nosso ser. Mas antes quero esclarecer algo fundamental: existe diferença entre tristeza e depressão. Hoje em dia é comum nos referirmos à tristeza como sinônimo de depressão, mas não é bem assim.


Todos se sentem "para baixo" de vez em quando, ou de alto astral às vezes e tais sentimentos são absolutamente normais, fazem parte da existência humana. Já a depressão é um evento psiquiátrico, algo bastante diferente, pois é uma doença como outra qualquer que exige tratamento. Depressão é uma desordem psiquiátrica muito mais freqüente do que se imaginava. Estudos recentes mostram que 10% a 25% das pessoas sofrem de depressão que apresenta diversos estágios. Essas porcentagens são semelhantes ao número de casos de hipertensão e infecções respiratórias que os clínicos atendem em seus serviços. Ao contrário dessas doenças, entretanto, eles não costumam estar preparados para reconhecer e tratar depressões por isso é necessário a ajuda de um médico psiquiátrico que viabilize um tratamento adequado para cada caso.


Posteriormente, farei uma reflexão acerca de depressão especificamente, mas agora trataremos da tristeza enquanto um sentimento que atingem a todos, desde crianças a idosos, negros a brancos, homens e mulheres...


Recentemente recebi um e-mail, cuja autoria foi atribuída à Facundo Cabral, muito interessante que compartilho com vocês. Embora, o título se refira a pessoas deprimidas, já vimos que depressão é uma doença, com isso a cura não reside em palavras de encorajamento, mas em tratamento médico especializado. A tristeza, sim, pode ser amenizada quando recebemos palavras de apoio e encorajamento como estas:


Não estás deprimido, estás distraído

Distraído em relação à vida que te preenche,

Distraído em relação à vida que te rodeia,

Golfinhos, bosques, mares, montanhas, rios.


Não caias como caiu teu irmão que sofre por um único ser humano,

quando existem cinco bilhões e seiscentos milhões no mundo.
Além de tudo, não é assim tão ruim viver só.

Eu fico bem, decidindo a cada instante o que desejo fazer, e graças à solidão conheço-me… o que é fundamental para viver.


Não faças o que fez teu pai, que se sente velho porque tem setenta anos, e esquece que Moisés comandou o Êxodo aos oitenta e Rubinstein interpretava Chopin com uma maestria sem igual aos noventa, para citar apenas dois casos conhecidos.


Não estás deprimido, estás distraído. Por isso acreditas que perdeste algo, o que é impossível, porque tudo te foi dado. Não fizeste um só cabelo de tua cabeça, portanto não és dono de coisa alguma.

Além disso, a vida não te tira coisas: te liberta de coisas…

alivia-te para que possas voar mais alto, para que alcances a plenitude.
Do útero ao túmulo, vivemos numa escola; por isso, o que chamas de problemas são apenas lições.


Não perdeste coisa alguma: Aquele que morre apenas está adiantado em relação a nós, porque todos vamos na mesma direção. E não esqueças, que o melhor dele, o amor, continua vivo em teu coração.


Não existe a morte... Apenas a mudança.
E do outro lado te esperam pessoas maravilhosas: Jesus, o Arcanjo Miguel,
Santo Agostinho, teu avô e minha mãe, que acreditava que a pobreza está mais próxima do amor, porque o dinheiro nos distrai com coisas demais, e nos machuca, porque nos torna desconfiados.


Faz apenas o que amas e serás feliz. Aquele que faz o que ama, está benditamente condenado ao sucesso, que chegará quando for a hora, porque o que deve ser será, e chegará de forma natural.
Não faças coisa alguma por obrigação ou por compromisso, apenas por amor. Então terás plenitude, e nessa plenitude tudo é possível sem esforço, porque és movido pela força natural da vida, a mesma que me ergueu quando caiu o avião que levava minha mulher e minha filha; a mesma que me manteve vivo quando os médicos me deram três ou quatro meses de vida.


Deus te tornou responsável por um ser humano, que és tu. Deves trazer felicidade e liberdade para ti mesmo. E só então poderás compartilhar a vida verdadeira com todos os outros.

Lembra-te : "Amarás ao próximo como a ti mesmo". Reconcilia-te contigo, coloca-te frente ao espelho e pensa que esta criatura que vês, é uma obra de Deus, e decida neste exato momento ser feliz, porque a felicidade é uma aquisição.


Aliás, a felicidade não é um direito, mas um dever; porque se não fores feliz, estarás levando amargura para todos os teus vizinhos.

Um único homem que não possuiu talento e valor para viver, mandou matar seis milhões de judeus, seus irmãos.


Existem tantas coisas para experimentar, e a nossa passagem pela terra é tão curta, que sofrer é uma perda de tempo. Podemos experimentar a neve no inverno e as flores na primavera, o chocolate de Perusa, a baguette francesa, os tacos mexicanos, o vinho chileno, os mares e os rios, o futebol dos brasileiros, As Mil e Uma Noites, a Divina Comédia, Quixote, Pedro Páramo, os boleros de Manzanero e as poesias de Whitman; a música de Mahler, Mozart, Chopin, Beethoven; as pinturas de Caravaggio, Rembrandt, Velázquez, Picasso e Tamayo, entre tantas maravilhas.


E se estás com câncer ou AIDS, podem acontecer duas coisas, e ambas são positivas:
se a doença ganha, te liberta do corpo que é cheio de processos (tenho fome, tenho frio, tenho sono, tenho vontades, tenho razão, tenho dúvidas)... Se tu vences, serás mais humilde, mais agradecido... portanto, facilmente feliz, livre do enorme peso da culpa, da responsabilidade e da vaidade, disposto a viver cada instante profundamente, como deve ser.


Não estás deprimido, estás desocupado.

Ajuda a criança que precisa de ti, ajuda os velhos e os jovens te ajudarão quando for tua vez.

Aliás, o serviço prestado é uma forma segura de ser feliz, como é bom gostar da natureza e cuidar dela para aqueles que virão.

Dá sem medida, e receberás sem medida.

Ame até que te tornes o ser amado; mais ainda converte-te no próprio Amor.

E não te deixes enganar por alguns homicidas e suicidas.


O bem é maioria, mas não se percebe porque é silencioso.
Uma bomba faz mais barulho que uma caricia, porém, para cada bomba que destrói há milhões de carícias que alimentam a vida. Vale a pena, não é mesmo?


Se Deus possuisse uma geladeira, teria a tua foto grudada nela. Se ele possuisse uma carteira, tua foto estaria nela. Ele te envia flores a cada primavera. Ele te envia um amanhecer a cada manhã. Cada vez que desejas falar, Ele te escuta. Ele poderia viver em qualquer ponto do Universo, mas escolheu o teu coração. Encara, amigo, Ele está louco por ti!


Essa mensagem nos encoraja a prosseguir, mesmo em meio a lutas e decepções que nos atingem constantemente e para finalizar, lembremos de salmos 30:5: “O choro pode durar uma noite mas a alegria vem pela manhã”.


Reflitam nisso!


Fabiane Agapito.

1 comentários:

Parabéns pelo belíssimos trabalho com o blog.

Já estou seguindo.

Aproveito para lhe convidar a conhecer o meu blog, e se desejar segui-lo, será uma honra.

Seus comentários também serão muito bem-vindos.

www.hermesfernandes.blogspot.com

Paz e Bem!

18 de setembro de 2009 15:13  

Postar um comentário